Motoexploder

Na semana passada, uma explosão de um carregador de celular Motorola causou um incêndio em uma casa na Vila Formosa. Ninguém se feriu. O proprietário alega prejuízo de 11 mil reais e pretende processar a fabricante.

Explosões de celulares tem ocorrido ocasionalmente nos últimos anos. Na China, no ano passado, um celular, da Motorola, explodiu no bolso de um operário e o matou. A fábrica onde estava possuia temperaturas elevadas.

“A explosão em si acontece quando as substâncias químicas dentro da bateria – como o lítio – entram em contato com o ar depois que o curto derreteu o exterior do equipamento”, explica Vitor Baranauskas, professor titular da Unicamp, ouvido pelo site Wnews.

O professor ainda faz algumas recomendações para evitar esse tipo de acidente: Não colocar o aparelho no bolso de calças e blusas, evitar quedas, Usar recarregadores originais, trocar a bateria a cada dois anos (sendo elas de Lítio ou de Níquel Cádmio), não expor o aparelho ao sol, e não desmontar o aparelho sem necessidade ou habilidade suficiente.

“Em princípio, esses acidentes não deveriam acontecer. Aparelhos celulares são seguros”, garante o especialista. As baterias têm mecanismos para evitar sobrecargas e, consequentemente, curto-circuitos.

Como medida de segurança para os Jogos Olímpicos,a China vai restringir o número de baterias de lítio por passageiro em vários de seus aeroportos. Serão permitidas apenas duas por aparelho que o viajante possuir.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem-categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s